domingo, 27 de maio de 2012

34ºCapitulo-Fanfiction: A vida é bela!

34ºCapitulo-Fanfiction: A vida é bela!


A Stela e a Hinata seguiram para casa, fui a passos largos até à paragem de braço dado com a Mikaru.
Mikaru: Sabi sabes que me podes lagar o braço?
-Não posso nada, já é de noite e sabes que não gosto de andar na rua a estas horas.
Mikaru: De noite?! Estamos no pôr do sol.
-Dá ao mesmo, se vier algum pervertido atrás de nós, como não há ninguém na rua...-estremeci.
Mikaru: Calma rapariga, tenho o chapéu de chuva, ele protejo-nos, e eu já conheço muito bem a zona...sabes que vivi cá quase toda a minha vida.
-Sei é que quando me mudei já cá estavas, isso eu sei.-soltei uma leve gargalhada.
A paragem já estava perto, mas a cada passo que dava parecia que ela se afastava cada vez mais. Estava tão perto, mas ao mesmo tempo tão longe.
Mikaru: Vá lá Sabi, o jogo já começou! E o autocarro vai parti e é o ultimo por esta hora, o próximo é só daqui a cinco horas.
Desatamos a correr que nem loucas na direção daquele autocarro. Quando nos encontramos dentro do mesmo só haviam lugares separados, mas eu queria-me sentar ao lado da Mikaru.
Ela sentou-se ao pé de uma senhora idosa.
Mikaru: Vai Sabi, encontra um lugar, não vais ficar de pé.-olhou-me confusa.
Caminhei quase até ao fundo do autocarro, onde me sentei ao lado de um rapaz ruivo de faces rosadas que me mostrou um largo sorriso quando lhe pedi licença para sentar.
Rapaz: Claro que podes, faça favor.
-Obrigada.-retribui-lhe o sorriso e sentei-me.
Tinha um olho no burro e o outro no cigano, eu não sabia qual era a paragem e como não tinha ficado do lado da janela nem um sinal de onde era para sair eu tinha, precisava de ver quando é que a Mikaru se levantava ou não.
Rapaz: Estás stressada passa-se alguma coisa? Sais em que paragem?
-Ah, é por isso mesmo. É que eu nem sei em que paragem saio.
A uma voz gritou o meu nome: Sabii!!! Oh senhor motorista espere um pouco!
Levantei-me e fui para junto da Mikaru despedindo-me assim daquele rapaz simpático.
Mikaru: Fogo mulher, o motorista já se estava a passar comigo.-resmungou puxando-me pelo braço para fora do autocarro. 
-É aqui?!-olhei em volta, e posso dizer que não avistei nada.
A Mikaru apontou para a estrada.
Mikaru: Temos de apanhar mais um.
Suspirei. Entrámos no autocarro, e desta vez sentei-me junto da Mikaru. Começamos a ouvir um ruídos e o grande automóvel parou.
A Mikaru levantou-se e perguntou:- Senhor motorista, desculpe-me, mas podia-me dizer o que se está a passar? Que ruídos são estes?
Motorista: Parece que se passa alguma coisa com o motor.
-O quê?!-levantei e soltei um grito que se ouviu até ao outro do autocarro. Todos os passageiros olharam para mim e eu apenas me limitei a "enterrar-me" na cadeira.
O meu telemóvel vibrou. O meu corpo paralisou...Mark era o que aquilo me mostrava, pedi à Mikaru para me dizer que nome se encontrava naquele pequeno ecrã, mas logo percebi que tinha sido má ideia.
Mikaru:AAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH!!! Atende rapariga!-os olhos dela brilhavam, eu sabia que ela só me queria ver bem, e se aquele rapaz que me fazia sofrer era o rapaz que no fundo, no fundo me fazia feliz...ela só queria que ficássemos juntos.
-Está bem.-cliquei no botão de "atender".
Do outro lado da linha: Sabrina!! Estás bem princesa?
-Pedro?! 
Mikaru: O quem?! Eu mato esse rapaz.-tirou-me o telemóvel das mãos.-Oh meu grandíssimo anormal, ligaste do telele do Mark, a sério?!
Pedro:Desculpa! Queres que lhe passe?Estão em intervalo.
Mikaru: Claro que quero.-gritou.
Mark: Diga...
Mikaru: Está aqui alguém que deseja falar consigo.-disse num tom de gozo, que me fez apetecer-me apertar-lhe o "gasganete"!
Passou-me o telemóvel, eu conseguia ouvir a voz dele..."Estou?". Não queria que ele desligasse por isso...
-Boa sorte para o jogo.-gritei, tinha-me custado muito ter de falar com ele, mesmo que não fosse "cara à cara" e ainda consegui sussurrar antes de desligar, uma frase à muito prendida cá dentro que já não aguentava e queria tanto sair: Amo-te...
Desliguei, de certo que ele não me tinha ouvido, tinha dito aquilo mais para dentro do que sei lá o quê. 

2 comentários:

  1. Ai Meu Deus! Oxalá que ele tenha ouvido! *o*
    Por favor Rei-chan, faz com que ele ganhe assim "ouvidos de cão" e que tenha conseguido ouvir, por favor!! Já agora, gostei muito, fico ansiosa pelo próximo, vais postar mais um na sexta não vais?

    ResponderEliminar
  2. *----* O que vai acontecer a seguir? Podes me dizer pelo msn? POFI POFI *fazendo olhinhos* Provavelmente nem sabes xD
    BIA MARIA! MAU MAU MAU MAU! PASSARAM 20 DIAS!! MAU MAU MAU MAU!!
    u.u

    ResponderEliminar