sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

4ºCapitulo-Fanfiction: A vida é bela!

Este capitulo é um pouco diferente dos outros!
4ºCapitulo: Até à vista capitão!
Tínhamos acabado de jogar badmington, e íamos começar uma pequena partida de futebol, quando o funcionário veio à nossa aula e chamou o meu nome: -Sabrina Fernandes?
-Sou eu! - respondi.
Funcionário: Venha comigo. Tem uma chamada em espera na secretaria para si.
Segui-o e quando chegamos à secretaria, metendo o telefone encostado ao meu ouvido: Daqui Sabrina Fernandes, quem fala?!
Voz: Sabrina sou eu a Clara. - a Clara era a minha melhor amiga antes de me mudar para cá. -Tenho uma péssima noticia para te dar.
-Diz, que se passa, estou a ficar preocupada, e com medo!
Clara: Os teus pais adoptivos sofreram um acidente ontem à noite, e morreram hoje de madrugada. E o funeral é amanhã….
-O quê? Amanhã de madrugada vou para ai. Beijo grande, e obrigada! – desatei a correr e chorar em direcção ao balneário.
(alguns minutos de depois)
Mikaru: Foi um óptimo jogo.
Jane: Pois foi. Hinata, Stela, o que é que acharam?
Hinata: Sim foi giro.
Stela: Sim também gostei, excepto da parte em que o Mark não estava a prestar atenção nenhuma!! Sabem porquê?
Patty: Por que está apaixonado. – disse a Patty ao mesmo tempo que fechava a porta do balneário. A Mikaru reparou em mim e perguntou-me: Sabrina, não voltaste à aula, passou-se alguma coisa?
-Não, nada! – tinha uma lágrima a percorrer o meu rosto. Estava mesmo triste com a notícia que a Carla me dera. - Vou para casa, já é tarde. - fui em direcção á porta do balneário abri-a e saí.
(no caminho para casa)
Parei junto ao parque e decidi entrar, todo aquele verde, das folhas, da relva, de tudo, fazia-me relaxar um pouco, e parar de pensar em coisas tristes mas quando umas raparigas passaram por mim e as ouvi a falarem de familiares que tinham morrido, lembrei-me logo da má noticia que recebera hoje.
Comecei a chorar, mas logo senti uns braços forte e quentes a abraçar-me, e uma mão suave a fazer-me “festas” na cabeça: Que se passa? – perguntou-me.
-Não é nada não te preocupes.
Mark: Mas é claro que me preocupo! Anda eu acompanho-te até casa, e pelo caminho podes-me contar o que aconteceu, ok?
-Ok!
(á porta de casa)
Mark: Fogo, que mau. Amanhã venho ter contigo de manhã para te acompanhar ao aeroporto. – disse piscando-me o olho a ver se me alegrava.
-Obrigada,… capitão. – lá consegui esboçar um sorriso a esforço, mas consegui. Entrei dentro de casa e subi as escadas e entrei no quarto para começar a fazer a mala.
Depois da mala feita, fui à gaveta e tirei uma t-shirt branca que me dava até aos joelhos e vesti-a, e logo me deitei para amanhã acordar bem cedo para apanhar o avião, que até me esquecera de jantar.
(de manhã)
Despertador: Pi-pi-pi-pi….- desliguei-o muito a custo mas quando me lembrei para que era aquele “pi-pi-pi-pi…”, dei um salto, dirigi-me á casa de banho, tomei um duche rápido, e vesti-me a correr, umas calças de ganga justas, uma camisola de manga comprida, um casaco da “Roxy”, e umas sapatilhas pretas.
De repente ouso a campainha a tocar e fui abrir a porta, era o Mark que tal como tinha prometido tinha vindo buscar-me para me acompanhar ao aeroporto.
(no táxi a caminho do aeroporto)
Mark: Tens a certeza de que não queres nem avisar a Mikaru?!
-Sim tenho. - o Mark puxa-me para junto dele e abraça-me.
Fui a dormir a viajem toda até ao aeroporto.
Quando chegamos fui acordada com um leve beijo na testa.
Mark: Acorda Linda. Chegamos.
-Sim.
(no aeroporto)
-O meu avião parte daqui a 5 minutos. Obrigada, por tudo, capitão…Até Breve!!!
Mark: Beijo grande!! Volta depressa. Isto sem ti não vai ser nada!!!


Espero que tenham gostado! E mais uma vez não consegui que ficasse tudo junto, lamento!
Comentem!!

5 comentários:

  1. ESta mt fixe!! E podes ser seguidoradora do meu site!!!

    E se kiseres fazer uma parceria entre o teu blog e o meu, era muito fiche!!!


    Xe kiseres!!

    ResponderEliminar
  2. LINDAAA como todas as que li que foram todas LOL

    ResponderEliminar